Ministério do Comércio
Sociedade

BDA e CEEIA assinam protocolo de cooperação

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e a Comunidade das Empresas Exportadoras e Internacionalizadas de Angola (CEEIA), assinaram na última sexta-feira, 14, em Luanda, um protocolo de cooperação com o objectivo de fomentar a produção interna com potencial para a exportação.

A cerimónia que se realizou nas instalações do Ministério do Comércio, contou com a presença do ministro do Comércio, Fiel Domingos Constantino, presidente do BDA, Manuel Costa e o presidente da CEEIA, Agostinho Kapaia.

Para o ministro do Comércio, Fiel Constantino, o protocolo assinado não será baseado apenas em apoio financeiro mas também, na troca de informações e oportunidades de negócios para as duas instituições.

O dirigente disse ainda que este é o momento de inverter o eixo do comércio externo, diminuir a importação e aumentar a exportação na balança comercial, mas para que tal aconteça, é preciso aumentar a produção nacional.

O presidente do BDA, Manuel Costa, fez saber que o banco terá sempre em conta o balanço cambial dos projectos e que os financiamentos serão superiores ou equivalentes a cinco milhões de dólares.

Manuel Costa referiu também que as operações do BDA são financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento e inclui bonificação de juros, por isso, o seu objectivo é viabilizar a actividade económica.

Segundo o presidente da Comunidade das Empresas Exportadoras e Internacionalizadas de Angola (CEEIA), Agostinho Kapaia, este acordo visa apoiar as empresas que fazem parte sua instituição e servirá também para discutir oportunidades de negócios de forma a aumentar a exportação de produtos nacionais.

Agostinho kapaia fez saber que a CEEIA tem como prioridade os mercados dos países vizinhos, mas reconhece ser necessário ainda produzir em grandes quantidades.

A CEEIA está constituída por 30 membros e em Novembro próximo completará três anos de existência.